Design Thinking e User Experience

Há alguns meses venho pensando na inversão de valores que vemos na pratica em relação a dois termos tão na moda a nível mundial: Design Thinking e User Experience.

Após trabalhar com ambos e observar o que vem sendo praticado no mercado, posso concluir que os termos são inversamente proporcionais.

Segundo Wikipédia – 2012/01/15
Design Thinking seria os conjuntos de métodos e processo para abordar problemas, relacionados à aquisição de informações, análise de conhecimento e propostas de soluções.”

Ou seja quando levamos isso para o mercado de trabalho podemos observar que existe uma certa “receita” onde temos: Imersão, Análise e Síntese, Ideação e Prototipação.

Vamos guardar isso e tentar entender sobre o termo User Experience agora.

Segundo o Wikipédia – 2012/01/15 
“User experience (UX) is the way a person feels about using a product, system or service. User experience highlights the experiential, affective, meaningful and valuable aspects of human-computer interaction and product ownership, but it also includes a person’s perceptions of the practical aspects such as utility, ease of use and efficiency of the system.”

Na prática temos centenas de profissionais desenhando: sitemaps, wireframes, consumer journey e por ai vai em entregáveis.

Mas ai começam as minhas perguntas:
– Se os profissionais gastam muito tempo com os entregraveis aonde de fato eles conseguem observar ou simular a Experiência do Usuário?
– Por que o cara de UX não conversa com as pessoas?
– Por que só conversamos com as pessoas no final do projeto ou durante quando já temos um protótipo?

Não queria prolongar demais, pois acredito que com essas dúvidas já teremos muito papo por um bom tempo, dos que concordam ou acham que sou um louco querendo aparecer.

Fica aqui a minha reflexão:
Se o Design Thinking converse com as pessoas, analisa essas informações, idealiza, prototipa e testa. Por que não invertemos os termos do Design Thinking com a Experiência do Usuário (UX), pois neste processo estamos realmente verificando a Experiência do Usuário e o Design Thinking é a forma como o designer pensa o seu processo. Sei também que pode existir uma questão de quem nasceu primeiro “o ovo ou a galinha”, mas nesse caso o meu pensamento é relativo a parte prática e não histórica.

Murilo Lima

Uma reposta para “Design Thinking e User Experience

  • Eu vejo que o que temos é ainda o problema de nomenclatura, na minha percepção os dois são praticamente a mesma coisa. Arrisco a dizer que é a mesma coisa, mas no “design thinking” pararece tudo mais estruturado, mas talvez por uma questão comercial no processo de “venda” do conceito.

    Não consigo ver ux sem dt e dt sem ux, na verdade não consigo ver um mundo onde fazemos coisas sem pensar nas pessoas, querendo somente moldá-las…

    No final das contas, quem conversa com as pessoas é o garçon do bar, que observa o comportamento e sempre oferece o que o cliente gosta.

    Boa discussão.

What do you think about post?